NEUROMAX

NEUROMAX
Neuromax é max vitaminas e max minerais para complementar e balancear sua dieta.

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Nova Olinda do Maranhão perdeu hoje um ilustre morador

(Imagens de JB Informática)

Faleceu hoje (31) nas primeiras horas em São Luis do Maranhão, o professor Simão Barros de Oliveira. Simão Barros de Oliveira era um dos moradores mais antigos de Nova Olinda. Chegou aqui quando era distrito de Turiaçu na década de 70. Simão Barros de Oliveira era um grande militante político, trabalhando como coordenador de várias campanhas políticas. Simão Barros era funcionário aposentado do estado do Maranhão, onde atuou como professor no Centro de Ensino Teresina Alves Rocha e sendo por vários anos responsável pelos Correios.
Nos anos de 1997 e 1998 foi Secretário municipal de Educação durante o governo de Dr. William Amorim Pereira.
O prefeito municipal Delmar Barros Sobrinho, decretou luto oficial de dois dias em Nova Olinda do Maranhão.
Simão Barros de Oliveira, vinha nesses últimos anos passando por vários problemas de saúde. O velório ocorrerá na sua residência na Rua do Comércio e amanhã às 08:00 horas haverá um culto de corpo presente na Assembleia de Deus e logo em seguida o cortejo sairá para o cemitério local.

Edição: Cícero Ferraz

Sampaio pega o Campinense na Copa do Brasil e o MAC enfrenta o Bahia

A Copa do Brasil 2013 começa em 3 de abril, com 80 clubes disputando o título. A competição tem sete fases, todas no formato mata-mata, com jogos de ida e volta. Apenas nas duas fases iniciais há a possibilidade de haver somente uma partida, caso o visitante vença por dois ou mais gols de diferença. A final está marcada para 20 e 27 de novembro.

O Sampaio jogará na primeira fase com o Campinense, da Paraíba, já o Maranhão Atlético Clube pega o Bahia.
As equipes brasileiras que disputam a Libertadores - Grêmio, Fluminense, Corinthians, Atlético Mineiro e Palmeiras - estão classificadas automaticamente para as oitavas-de-final da Copa do Brasil.

Apenas o São Paulo disputará a Sul-Americana, já que foi campeão da competição no ano passado.

No lugar do time paulista, entrará o Vasco, o melhor time colocado na Série A 2012 depois dos já classificados.

A tabela completa será divulgada na próxima segunda-feira,dia 4 de fevereiro.

Confira os confrontos da primeira fase:

Sampaio Corrêa/MA x Campinense/PB
Bahia/BA x MAC/MA
Flamengo/RJ x Remo/PA
Ceará/CE x Ceilândia/DF
ASA/AL x RN3
Internacional/RS x Rio Branco/AC
Santa Cruz/PE x Guarani Juazeiro/CE
Avaí/SC x RJ4
América Mineiro x Gurupi/TO
Goiás/GO x Oratório/AP
Santo André/SP x Veranópolis/RS
Sport/PE x Vitória da Conquista/BA
ABC/RN x Parnahyba/PI
Vitória/BA x Mixto/MT
Boa/MG x Salgueiro/PE
Paraná/PR x São Bernardo/SP
Criciúma/SC x x Noroeste/SP
Coritiba/PR x CSP/PB
Águia de Marabá/PA x Nacional/AM
Ponte Preta/SP x Itabaiana/SE
Bragantino/SP x Águia Negra/MS
Botafogo/RJ x Sobradinho/DF
CRB/AL x Fast Clube/AM
Figueirense/SC x AC ou ES*
São Caetano/SP x Arapongas/PR
Cruzeiro/MG x CSA/AL
Caxias/RS x Resende/RJ
Atlético Goianiense x Cametá/PA
Grêmio Barueri/SP x Cianorte/PR
Atlético Paranaense x Brasil/RS
América de Natal x Ji-Paraná/RO
Portuguesa/SP x Naviraiense/MS
Paysandu/PA x São Raimundo/RR
Santos/SP x Flamengo/PI
Joinville/SC x Aracruz/ES
Náutico/PE x CRAC/GO
Betim/MG x Bangu/RJ
Luverdense/MT x Tupi/MG
Guarani/SP x Confiança/SE
Fortaleza/CE x Luziânia/DF

Fonte: O Imparcial
Edição: Cícero Ferraz

Preso um dos bandidos que assaltou funcionária da Assembleia Legislativa

Edson Paulo Fernandes foi preso em flagrante ao ser abandonado pelos comparsas em um hospital da cidade. O restante do bando continua solto.

SÃO LUÍS - Edson Paulo Fernandes, um dos bandidos que participou do assalto a funcionária da Assembleia Legislativa, foi preso em um hospital da capital maranhense. Ele foi baleado durante o confronto com os seguranças da Casa Legislativa.

Edson foi levado pelos comparsas para o hospital UDI e o abandonaram. A polícia se deslocou até o local e deu voz de prisão ao assaltante, que está internado no hospital Djalma Marques, o Socorrão I.

A vítima, que trabalha como assessora do deputado estadual Hemetério Weba na Assembleia Legislativa, foi assaltada na manhã desta quinta-feira (31), no estacionamento do Legislativo Maranhense.

Segundo informação do repórter Domingos Ribeiro, da rádio Mirante AM, o caso não aconteceu em um caixa eletrônico instalado na Assembleia Legislativa, conforme anunciado anteriormente pelo portal imirante. A nova versão diz que a vítima, assessora do deputado estadual Hemetério Weba, fez um saque em dinheiro na agência da Caixa Econômica, na avenida dos Holandeses. Ela foi seguida pelos criminosos até o estacionamento da Assembleia Legislativa. O bando anunciou o assalto e levou o dinheiro da funcionária da Assembleia.

O restante do bando continua solto. Em nota enviada à imprensa a assessoria da Assembléia Legislativa do Estado do Maranhão informou que:

"Com relação ao episódio ocorrido na manhã desta quinta-feira, 31 de janeiro de 2013, em que uma funcionária foi vítima de assalto quando se encontrava no estacionamento da Casa, vem a público e a bem da verdade prestar os seguintes esclarecimentos:

1 – A vítima entrou no estacionamento da Assembléia por volta das 9h30, seguida por dois carros e uma moto. Ao estacionar, foi abordada por um dos assaltantes, que lhe arrancou a bolsa.


2 – Notando a movimentação estranha, os policiais militares em serviço na Casa reagiram ao assalto, havendo troca de tiros, sendo que um dos bandidos foi ferido, conseguiu fugir, mas já foi localizado, estando sob custódia da Polícia Militar.


3 – Não houve qualquer falha no sistema de segurança da Casa. Os assaltantes não adentraram em recinto interno da Assembléia.


4 – A ação dos assaltantes foi gravada pelas câmeras de monitoramento do Gabinete Militar, que no mesmo instante entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública e Polícia Militar, colocando-se à disposição para ajudar nas investigações que levem à prisão dos demais envolvidos no ato criminoso".

Fonte: Imirante

Funcionária é assaltada dentro da Assembleia Legislativa do Maranhão

Após realizar saque em agência bancária, mulher foi seguida até o prédio.Houve troca de tiros entre seguranças e assaltantes durante fuga.
Uma funcionária da Assembleia Legislativa do Maranhão foi assaltada, na manhã desta quinta-feira (31), nas instalações do órgão. De acordo com informações de funcionários do gabinete militar do Legislativo Estadual, a abordagem aconteceu no estacionamento.

A ação ocorreu por volta das 9h30, segundo o coronel Silmar Trebien, responsável pela segurança do prédio. A vítima teria sido seguida desde a agência da Caixa Econômica da Avenida dos Holandeses, onde teria sacado R$ 6 mil. Ao chegar ao estacionamento, ela foi abordada pelos assaltantes, que estavam em dois veículos e uma motocicleta.

Um dos homens tentou tomar a bolsa da funcionária, que tentou reagir. Ao perceber a ação, os seguranças da Assembleia se aproximaram e houve troca de tiros, mas nem os seguranças, ou a vítima do assalto ficaram feridos. Um assaltante foi baleado, mas conseguiu fugir. Logo depois foi localizado e está sob custódia da Polícia Militar. Os demais suspeitos ainda não foram encontrados.

Em nota, a Assembleia Legislativa do Estado do Maranhão disse que não houve qualquer falha no sistema de segurança da Casa porque os assaltantes não adentraram em recinto interno da Assembleia. A ação foi toda gravada pelas câmeras de monitoramento do Gabinete Militar, que no mesmo instante entrou em contato com a Secretaria de Segurança Pública e Polícia Militar, colocando-se à disposição para ajudar nas investigações que levem à prisão dos demais envolvidos no ato criminoso.
 
Fonte: G1 Maranhão
Edição: Cícero Ferraz

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

Quatro moradores de Santa Luzia do Paruá morrem em acidente

A Redação do Site Miséria recebeu uma ligação do senhor Almir Monteiro da Costa, residente na cidade de Belém - AL, dando conta que as quatro pessoas que morreram em um grave acidente na madrugada desta quarta-feira (30), em Ouricuri - PE, na BR-316, são seus familiares.

Segundo seu Almir, viajavam no veículo, sua irmã Maria Alvani Monteiro, 61 anos, seu sobrinho José Correia de Araújo Costa (Junior), de 38 anos e motorista do carro, a sobrinha Alzenir Monteiro da Costa, 42 anos e uma mulher conhecida apenas por Maria, que tomava conta de sua sobrinha Alzenir que é paraplégica.

Todos residiam na cidade maranhense de Santa Luzia do Paruá a 135 Km de Santa Inês, e seguiam para a cidade de Belém - AL deixar sua sobrinha paraplégica par dar início a um tratamento médico.

O acidente se deu a poucos Kms do posto da polícia rodoviária federal no sentido Ouricuri-Parnamirim. Um veículo Corsa de placas NNI - 3148, inscrição do Maranhão, bateu em um animal e perdeu o controle e se choucou com um ônibus escolar, que seguia sentido contrário.

Todos morreram no local. O Corpo de Bombeiros de Ouricuri retirou os corpos das ferragens. O motorista do ônibus evadiu-se do local sem prestar socorro às vítimas.

Fonte: Blog do Jarivânio

Departamento de Esporte Municipal lança calendário 2013 e reabilita o Santa Inês

Em reunião realizada na noite da última sexta-feira, 25, no auditório da Câmara Municipal, o Departamento Municipal de Esportes e Lazer de Santa Inês, fez o lançamento do calendário para o ano de 2013. Os diretores de Esporte Amador, Marcos Luis de Sousa Correa e de Esporte Profissional, Antonio Alves Lopes Filho comandaram o evento.

Na reunião foi lançado o uniforme do novo time profissional de Santa Inês, que já irá disputar o Campeonato Maranhense deste ano, com isso Santa Inês volta a ter um novo representante no cenário do futebol profissional do Estado, na primeira divisão.

Ontem terça-feira, estava programado um encontro com os empresários locais no prédio da CDL – Câmara de Dirigentes Lojistas - para apresentar o projeto que foi feito para levar o time de Santa Inês a uma boa colocação ao até a ser campeão do Campeonato Maranhense. Os diretores dos departamentos de esportes do Município esperam contar com o apoio dos empresários para investir no time.

O diretor de Esporte Profissional, Antonio Alves, informou que será feita uma peneira no próximo dia 2 de fevereiro para tentar montar um time com atletas de Santa Inês, os interessados devem procurar o diretor na sede da Prefeitura Municipal de Santa Inês.

Fonte: Jornal Agora Santa Inês Edição:Cícero Ferraz

Reajuste no salário dos vereadores provoca protestos em São Luís

Faixas com protestos foram colocadas em praça e na porta da câmara.Soma dos salários e verbas totalizam R$ 53.000,00 por vereador.
Além do aumento no número de vagas, a Câmara Municipal de São Luís vai aumentar também o salário dos vereadores. Os 31 parlamentares vão receber, a partir de fevereiro, salários com 52% de reajuste.

Os salários vão passar de R$ 9.155,00 para R$ 15.000,00. Na manhã desta terça-feira (29), faixas de protesto contra o reajuste foram vistas na praça em frente à câmara e na porta do local.

Para o presidente da câmara, Isaías Pererinha, foi feito, apenas, o que determina a emenda constitucional nº 25, que limita os salários de vereadores de cidades com mais 500 mil habitantes a 75 % dos salários dos deputados estaduais, que ganham hoje em torno de R$ 20,000,00. Veja a reportagem no vídeo.

Além do salário, os vereadores recebem uma verba indenizatória de R$ 20.000,00, que seria destinada a gastos com combustível, alugueis, material de expediente. Eles recebem ainda a verba de gabinete, que corresponde a R$18.000,00 e seria destinada a gastos com funcionários de gabinetes. A soma de salário e das verbas é R$ 53.000,00 por vereador.

Se a câmara ainda estivesse com os 21 veraedores, esse reajuste no salário dos parlamentares significaria um aumento de R$ 127.000,00 nas despesas da casa. Como o número de vereadores aumentou para 31, o impacto na folha foi de mais de R$ 270.000,00.

Fonte: G1 Maranhão
Edição: Cícero Ferraz

Prefeitura Municipal de Nova Olinda inicia recadastramento para servidores

A Prefeitura Municipal de Nova Olinda do Maranhão, através da Secretaria Municipal de Administração, iniciou na manhã desta quarta-feira (30) o recadastramento dos servidores municipais de todos os setores. Os servidores deverão comparecer com todos os documentos pessoais originais, portaria e termo de posse originais. Não haverá necessidade de cópias, pois o recadastramento é justamente para a digitalização de todas as documentações.
Os servidores deverão comparecer na Prefeitura Municipal de Nova Olinda do Maranhão, no setor da Secretaria de Administração. O horário de atendimento será das 08:00 às 18:00 horas, sem intervalo para alomoço, visando agilizar o atendimento de todos os servidores. Em contato com o Secretário de Administração Manoel Neto Marques, que enfatizou que o recadastramento será realizado até o dia 01 de fevereiro (sexta-feira). "Vamos modernizar e melhorar o atendiemento aos nossos servidores", afirmou o Secretário Manoel Neto Marques.

Edição:Cícero Ferraz

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Câmara Municipal inicia 5ª legislatura dia 01 de fevereiro

Na próxima sexta-feira (01), os novos vereadores de Nova Olinda do Maranhão iniciam a 5ª legislatura da história do municipio. A sessão será realizada de maneira ordinária e marcará o inicio dos trabalhos dos 11 vereadores. A partir desta legislatura o municipio de Nova Olinda do Maranhão tem em sua Câmara 11 vereadores. Até o ano de 2012, a Câmara Municipal tinha 09 assentos.
A atual composição da casa conta com quatro vereadoras (04) e sete  (07) vereadores, havendo um aumento significativo na participação das mulheres na casa legislativa.
De acordo com contato feito com o presidente da casa, o vereador José Alberto Lopes Sousa (PMDB), a sessão do dia 01 de fevereiro servirá para a definição do calendário de sessões do ano de 2013 e ainda para definição dos horários das referidas sessões.
"Esperamos um grande ano legislativo e a população de Nova Olinda do Maranhão, também aguarda que possamos votar todos os projetos relevantes para o desenvolvimento do municipio", afirmou o presidente da casa.
A sessão da próxima sexta-feira (01), será iniciada às 09:00 horas, na sede da Câmara Municipal, localizada na Rua do Comércio.
Edição: Cícero Ferraz

Prefeitura de Zé Doca anula concurso público

A Prefeitura Municipal de Zé Doca, a 70 KM de Santa Inês, decretou no último dia 23, a nulidade do concurso público realizado naquele município no ano passado, correspondente ao edital Nº 002/2012. A prefeitura alega que o concurso foi feito sob um manto de vícios em se processo licitatório, o que compromete a lisura e a honestidade do certame, foto, diz a prefeitura no decreto, do conhecimento de toda a população daquele município. A prefeitura garante que vai fazer o ressarcimento dos valores pagos pelos candidatos inscritos no concurso, os quais deverão requerer o ressarcimento da taxa de inscrição diretamente no Setor de Tesouraria do Município de Zé Doca. Segue abaixo a íntegra do decreto da Prefeitura Municipal de Zé Doca.


PREFEITURA MUNICIPAL DE ZÉ DOCA
GABINETE DO PREFEITO

Decreto n°003/2013

Anula o Edital de Concurso Público N° 002/2012, do quadro de Pessoal do Município de Zé Doca, e dá outras providências.

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE ZÉ DOCA, ESTADO DO MARANHÃO, no uso de suas atribuições legais;

CONSIDERANDO que foi noticiada em toda cidade a suposta fraude no processo licitatório;

CONSIDERANDO que o Município de Zé Doca não pode correr risco de realizar um concurso público com vícios em seu processo licitatório;

CONSIDERANDO – SE que a possível fraude em todo processo licitatório, compromete a lisura e honestidade do certame, indispensáveis a todo ato público.

CONSIDERANDO a imprescindível observância dos princípios basilares que devem nortear qualquer ato oriundo da Administração Pública ( art.37, da Constituição Federal )

CONSIDERANDO – SE finalmente, que é facultado a Administração revogar seus próprios atos quando eivados de vícios que os tornem ilegais, porque deles não se originam direitos ou revogá-los, por motivo de conveniência ou oportunidade, respeitados os direitos adquiridos, de acordo com a Súmula 473 do STF (Supremo Tribunal Federal);

DECRETA:

Art. 1°. - Fica anulado o Edital de Concurso Público n° 002/2012, por motivos, inquestionáveis, de interesse público, conveniência e oportunidade.

Art. 2°. - O ressarcimento dos valores pagos pelos candidatos inscritos no Certame Público, os quais deverão requerer o ressarcimento da taxa de inscrição diretamente no Setor de Tesouraria do Município de Zé Doca – MA, munidos de documentos pessoais e do comprovante de inscrição.

PARAGRAFO ÚNICO: O ressarcimento poderá ser requerido a partir do dia 28 de fevereiro de 2013.

Art. 3°. - Dê - se AMPLA E IRRESTRITA publicidade do presente ato visando evitar qualquer prejuízo aos participantes do certame.

Art. 4°. – Este decreto entra em vigor na data da publicação.

Art. 5°. - Revogadas as disposições em contrario.

GABINETE DO PREFEITO DE ZÉ DOCA, 23 DE JANEIRO DE 2013.

Fonte: Jornal Agora Santa Inês
Edição: Cícero Ferraz

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

Em Nota, FAMEM critica Governo Federal por redução do FUNDEB

Através de Nota, a FAMEM criticou a decisão do Governo Federal de diminuir o valor repassado como complementação do FUNDEB para os municípios. A entidade assegura ainda que já tomou e tomará todas as medidas necessárias para evitar que o pior no setor da Educação possa acontecer. A Nota, publicado abaixo, foi assinada pelo próprio presidente da FAMEM, Júnior Marreca.

“A FAMEM (Federação dos Municípios do Estado do Maranhão) vem a público manifestar sua perplexidade e indignação com a surpreendente e danosa medida do governo federal divulgada no último dia do ano passado, reduzindo drasticamente o valor da complementação do Fundeb para os municípios.

Essa medida compromete, não só o pagamento dos professores das redes municipais, como também a contabilidade das prefeituras, prejudicando sobremaneira o cumprimento da lei que determina a aplicação mínima de 60% dos recursos do Fundeb no pagamento dos professores.

O governo federal havia anunciado no dia 19 de novembro de 2012, através do MEC, a estimativa de 315 milhões de reais para os municípios maranhenses. Em função disso, os prefeitos em 2012 programaram o pagamento dos salários de dezembro dos professores e de outras obrigações para janeiro de 2013, considerando os recursos inscritos na conta “Restos a Pagar”, como vinha ocorrendo normalmente nos anos anteriores e em conformidade com orientação e parecer do TCE – Tribunal de Contas do Estado do Maranhão.

No entanto, no último dia do ano – sem dar tempo, portanto, para que os gestores públicos municipais pudessem se preparar e adaptar às novas condições –, o governo federal reduziu de 315 mi para apenas 90 milhões o valor a ser repassado aos municípios maranhenses.

Esse corte de mais de 70% na complementação do Fundeb compromete as contas das prefeituras, penaliza a classe dos professores e gera atritos desnecessários entre o poder público municipal e os sindicatos da classe, além de levar os ex-prefeitos a descumprir a Lei de Responsabilidade Fiscal. Em alguns municípios, professores entraram em greve, equivocadamente, achando que os prefeitos têm alguma responsabilidade na redução do repasse do Fundeb.

Diante da gravidade e excepcionalidade da medida tomada pelo governo federal, através de portaria dos Ministérios da Educação e da Fazenda, a FAMEM já tomou algumas providências:

1. No dia 22/1/2013, a FAMEM protocolou consulta junto ao TCE para saber como os municípios devem proceder contabilmente (tanto os ex-prefeitos como os atuais) na presente situação;

2. No dia 25/1/2013, a FAMEM promoveu reunião com a presidência do SINPROESSEMA e o representante estadual da CNTE (Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação) para discutir a grave situação gerada pelas medidas do governo federal e propor ações conjuntas para defender os interesses dos professores e das prefeituras maranhenses;

3. A FAMEM articulou com outras associações de municípios, tribunais de contas de outros estados, além das entidades de representação nacional dos municípios (CNM e ABM), na busca de orientação e soluções para os problemas gerados;

4. A FAMEM acionará judicialmente a União para a cobrança dos valores suprimidos no último dia do exercício financeiro de 2012.

Lutaremos para que os municípios sejam poupados de mais esse grande prejuízo em suas contas – após a queda significativa dos valores do FPM nos últimos quatro anos, como também o forte impacto da desoneração do IPI pelo governo federal em 2012, que somente no ano passado acarretaram prejuízo de 906 milhões de reais aos cofres públicos municipais maranhenses.

Antônio da Cruz Filgueira Júnior
presidente da FAMEM“

Fonte: Blog do Jorge Aragão
Edição:Cícero Ferraz


Dilma promete pacote de bondades de R$ 66,8 bi para prefeitos

FERNANDA ODILLA
DE BRASÍLIA

Diante de milhares de prefeitos, a presidente Dilma Rousseff disse nesta segunda-feira (28) que não admite discriminação com base em opção "política, religiosa ou esportiva" e prometeu um pacote de bondades de R$ 66,8 bilhões para investimentos em diferentes áreas. As promessas foram tratadas como "boas notícias" pela presidente.

Ela anunciou ainda que vai promover este ano o encontro de contas de pelo menos 833 municípios, zerando a dívida previdenciária dessas cidades com prestações de até R$ 500 mil mensais a partir de março.

A promessa da presidente, feita no encontro promovido pelo governo federal com os prefeitos eleitos no ano passado, é liberar os R$ 66,8 bilhões ainda no início do mandato dos novos administradores municipais.

Dilma explicou que R$ 35,5 bilhões são para obras de saneamento, pavimentação e mobilidade urbana, já selecionadas no final de 2012. "No inicio de fevereiro, os valores de cada município selecionado serão divulgados e imediatamente estarão liberados para que essas obras sejam executadas pelos senhores enquanto antes", afirmou a presidente, sem dizer de onde vai sair essa verba.

Os R$ 30,3 bilhões restantes serão destinados numa nova seleção para investimentos, a ser feita este ano. "Também aqui não há tempo a perder e será necessário elaborar projetos", afirmou a presidente.
Dilma anunciou ampliação do programa de moradia "Minha Casa Minha Vida", novas quadras esportivas para escolas com mais de 100 alunos, construção de novas creches, ampliação e novos postos de saúde, recursos para estradas vicinais, entre outras bondades a serem feitas em parcerias com as prefeituras.

Contudo, os aplausos foram mais efusivos quando Dilma anunciou que todos os municípios com menos de 50 mil habitantes ganharão retroescavadeiras e motoniveladoras, compradas pelo governo federal.

DISCRIMINAÇÃO

Durante o discurso de cerca de 50 minutos, Dilma destacou a necessidade de parceria entre o governo e municípios. Pediu aos prefeitos que usem o direito republicano para discordar, exigir e pedir durante o encontro de três dias promovido pelo governo federal em Brasília.

"Estabelecemos um padrão de relacionamento republicano. Nós no governo federal não admitimos tratamento que discrimine municípios com base nas suas opções políticas, ideológicas, religiosas ou esportivas", disse a presidente.

CONTAS

Dilma prometeu ainda fazer o encontro de contas previdenciárias dos municípios, uma das principais demandas dos prefeitos que participam do encontro. Segundo a presidente, são R$ 816 milhões já contabilizados e que serão quitados em parcelas mensais de até R$ 500 mil a partir de maço.

Inicialmente, serão beneficiados 833 municípios que tiveram as contas já apuradas. Segundo a presidente, o pagamento da primeira parcela "zera a dívida" de 79% desses municípios. "Há uma força tarefa do governo federal trabalhando nisso. Determinei minha equipe que acelere a apuração dos processos existentes para que possamos estabelecer um fluxo de pagamentos que garanta um tratamento mais adequado a todos os municípios nesse tema", afirmou a presidente.

Luís Fernando nega definição de candidatura, mas diz que almeja governar o estado

Parte do meio político e imprensa começa a antecipar a disputa eleitoral de 2014, Luís Fernando diz ser contra essa postura e defende que esse ano seja de muito empenho em todos os governos
Considerado um dos nomes mais fortes da política maranhense na atualidade, apontado como um dos prováveis candidatos ao governo do estado em 2014, Luís Fernando Silva, Chefe da Casa Civil, conversou pela primeira vez no ano com a imprensa, ao conceder entrevista exclusiva em seu gabinete no Palácio dos Leões ao O Imparcial, em meio a sua extensa agenda política. Com uma larga demanda que vem desde membros da sociedade civil até secretários de estado, prefeitos, deputados federais etc, o ex-prefeito de São José Ribamar é o homem de confiança da governadora Roseana Sarney (PMDB).

Sem querer atropelar o processo pré-eleitoral, Luís Fernando diz que “o momento é de trabalho” e que “a população sofre com este período permanente de disputa eleitoral”. Porém ele não esconde o desejo de ser governador do Maranhão, mas diz que isto será discutido na hora certa. Em relação as parcerias entre governo e município, afirma ser totalmente favorável, mas desde que haja responsabilidade por ambos os lados e cumprimento da legislação federativa.

No campo do governo, o chefe da Casa Civil revela algumas ações desenvolvidas pelo Estado e conta as conquistas dos últimos dois anos, mas confessa que muito ainda deve ser feito para tirar o Maranhão do mapa da extrema pobreza. Confira na íntegra os planos políticos, realizações e pensamento sobre a política maranhense na visão de Luís Fernando:

O Imparcial: O senhor tem representado a governadora Roseana Sarney em diversos eventos do governo do estado, isto seria um facilitador para viabilizar a sua candidatura para 2014?

Luís Fernando: Em primeiro lugar ainda não há definição quanto à candidatura. Ainda é muito cedo para um grupo político como o nosso, tomar uma decisão dois anos antes da eleição. Mas essas viagens e representações em nome da governadora decorrem de um papel, ser Chefe da Casa Civil. Essa é uma das atribuições de quem ocupa esse cargo e não existe outro sentido, se não esse. Se as consequências são benéficas ou maléficas não cabe analisar agora. Estou no cumprimento de um dever funcional.

Já existe alguma articulação por parte do grupo da governadora Roseana Sarney para escolher o candidato ao governo do estado?

Não. Eu entendo que o povo do Maranhão e o povo brasileiro deve sentir muito essa pressão que sofre continuadamente sobre assuntos de cunho político-eleitoral. A política é uma atividade salutar e que deve estar presente no cotidiano da população das sociedades democráticas, entre elas a do Brasil. Mas a política-eleitoral deve ser concentrada nos momentos específicos, nos períodos de campanha. 2013 é um ano que não tem eleição, este ano os políticos que estão ocupando cargos de governo, devem se dedicar integralmente a administração, o povo quer isso, o povo quer trabalho e não adianta tentar ocupar este momento e espaço, apenas visando eleições, isso é prejudicial, principalmente para as administrações que estão começando agora, eu sugiro e interpreto a voz das ruas, das comunidades que visito constantemente, o pedido que os governantes se debrucem sobre soluções para os problemas das cidades do Maranhão. E que deixem a política-eleitoral para o momento oportuno.

Diante deste cenário, o senhor é um defensor de que o Brasil precisa passar por uma reforma política urgente. Para que eleições ocorram somente de 4 em 4 anos?

Isso não decorre por conta das eleições de 2 em 2 anos, a proposta é interessante para ser examinada pelo país. Mas acredito que esta situação política é mais de uma cultura voltada para eleição, mais do que uma política de realizações, uma política exitosa, para implementação de políticas públicas em favor da população. Existem pessoas que ao invés de se preocupar com os problemas da população. A pessoas que ficam alimentando uma pauta de política-eleitoral, mas a população quer resultados, o povo está ansioso por melhorias, não importa de onde vem, o que é certo é que temos problemas e eles precisam ser enfrentados.

E falando em resultados o que podemos destacar como as principais realizações apresentadas pelo governo estadual nos últimos dois anos?

O governo tem resultados auspiciosos em praticamente todas as áreas. Podemos destacar algumas realizações importantes: na saúde estamos concluindo a reestruturação física do nosso sistema de saúde pública e agora vamos passar por uma etapa de extrema importância que consiste na construção de cinco hospitais macrorregionais de urgência e emergência de alta complexidade, isso vai interiorizar de forma definitiva o atendimento médico em todo o estado. Em relação à educação, o estado deu um passo muito importante em transferir para os municípios a gestão do ensino fundamental, mas não transferimos apenas a responsabilidade, houve o repasse de recursos que o estado tinha direito. Os municípios já estão recebendo essa verba desde o ano passado. Aqueles que apresentaram bons indicadores de desempenho e deram prova ter condições de continuar recebendo a verba, continuaram administrando esse recurso, isso deu um efeito grande na melhoria dos indicadores educacionais. Nós (governo) temos uma discussão permanente com os gestores municipais e com a secretaria estadual de educação para acabar com a premissa que estado cuida do ensino médio e município do ensino fundamental, a educação é um problema de todos. Educação é uma política indispensável para o nosso estado, que está passando por um ciclo de crescimento, precisamos formar a juventude do Maranhão e prepara-los para esse novo momento.

A governadora Roseana Sarney diz que uma das principais metas é erradicar a pobreza no estado, o que já tem sido feito neste sentido para obter o objetivo?

Complementando saúde e educação, entramos no tema de maior importância para o Maranhão. Temos um índice ainda elevado de pobreza extrema, mas ao invés de fotografar é melhor filmar essa situação e aqui afirmo que estamos reduzindo com uma velocidade 3% ao ano a proporção dos extremamente pobres no estado. Esse é um indicador muito positivo. Independente de discussão ideológica e apuração de causas etc, o importante é o que Maranhão está fazendo isso. A governadora Roseana quando reassumiu o governo em 2009, incrementou, dobrou os recursos do estado voltados para essa finalidade através do FUMACOP (Fundo Maranhense de Combate a Pobreza). Ano passado foi criada uma estrutura administrativa voltada especificamente para esse assunto, que foi a secretaria de Desenvolvimento Social e Agricultura Familiar, considerando que a maior proporção dos extremamente pobres no estado estão no meio rural e o estado é o mais rural do Brasil, temos uma população de quase 40%, entendemos assim que para iniciar o processo de extinção da pobreza temos que começar pela zona rural. Desta forma além de dobrar os recursos foi criada uma estrutura especifica que cuida da produção sócio-produtiva, que não é somente uma inclusão social, mas sim também de geração de renda, para que a população seja beneficiária dos grandes investimentos que estão chegando ao estado. A meta da governadora é chegar em 2015 com a proporção da pobreza em menos de um dígito.

O senhor fala em avanços na saúde, educação, geração de emprego, desenvolvimento social etc, mas existe alguma área que necessita uma maior atenção e que ainda está carente de investimento?

Todas essas ações exitosas que acabei de citar, inclusive em outras áreas como em infraestrutura, o estado já pavimentou nesses três anos mais de 1000km e nos próximos dois anos serão mais 1000km pavimentados, ligando todas as sedes dos municípios maranhenses a rodovias, sejam elas MA´s ou BR´s. Isso não esgota todas as demandas sociais que o estado acumulou nos últimos anos, sobretudo nos últimos 7 anos que antecederam o retorno da Roseana. Nós sabemos que nem todos problemas estão resolvido. Na saúde ainda falta fortalecimento da rede e ações preventivas de saúde para melhorar os indicadores na área. Na educação também ainda falta o uso da tecnologia, uma meta é levar a informática a todos rincões do estado, os municípios ainda não conseguem, mas o nosso governo vai ajudar a viabilizar esse ensino, através de um programa de educação a distância. Deixo claro, que quando falamos em êxito, que muito já foi feito, mas ainda deve ser feito muito mais. Existe um desafio permanente em manter a melhora dos índices de saúde, educação, infraestrutura e da pobreza, que engloba Estado, municípios e União. Por parte do governo tem sido feito um esforço para ajudar na melhoria desses índices apesar de problemas com a arrecadação tributária. E por conta de um repasse menor diante da redução do ICMS, FPE, IPI e outros impostos, fica um pouco postergada uma maior circulação financeira para que o investimento seja ainda maior nessas áreas.

O senhor disse que nem sempre o município consegue financiar suas melhorias, diante da situação de ter sido ex-prefeito de São José de Ribamar, como deve ser a relação entre governo estadual e municipal?

Deve ser exatamente como não foi quando fui prefeito, o estado cortou tudo para o município de Ribamar, o estado ignorou o nosso município, impondo ao sacrifício o povo ribamarense, diferentemente do que faz o governo da Roseana. E durante os cinco anos que fui prefeito nunca contei com a ajuda do estado, apesar de ter solicitado, em nenhuma área recebi nenhum apoio do governo. De um lado foi muito sofrido pela população, mas do outro foi muito bom, pois o município conseguiu superar algumas limitações internas dos seus recursos, gerenciando de uma forma melhor. O resultado foi o que a população viu: 318 obras em 6 anos e ao deixar a prefeitura foram mais 90 encaminhadas e isso não representou apenas melhorias no ponto de vista quantitativo, mas também no qualitativo. As únicas escolas em tempo integral do Maranhão estão em São José de Ribamar e ambas construídas com recurso exclusivamente do município. Construí outras 12 unidades de saúde básica e uma maternidade tudo com recurso próprio, que inclusive receberam o reconhecimento do Ministério da Saúde. Então eu sou a favor daquilo que a governadora tem feito. Parceria com os municípios, ajudando as prefeituras na saúde, educação, infraestrutura etc, afinal o pacto federativo precisa ser revisto. As unidades federadas desde 1988 são as que enfrentam os principais problemas do cidadãos, porém são as que tem menos poder de enfrentamento salvo em alguns casos, como as capitais que tem uma dependência bem menor e podem criar soluções sozinhas. Então o pacto federativo para que estados e municípios sejam mais fortes.

Portanto o senhor acredita que ainda falta dialogo entre prefeitura e governo, questões políticas ainda atrapalham essa relação?

Não vejo assim. Entendo que deve ser feito primeiro uma revisão do pacto federativo para dar uma autonomia maior aos estados e municípios que enfrentam mais diretamente os problemas. Esses dois poderes precisam ser fortalecidos, pois a arrecadação através de impostos, ela é gerada em um município e no estado.

E em São Luís qual é avaliação da tentativa de um dialogo na formação de uma parceria, ainda é possível acreditar que vai haver um entendimento entre as partes?

É possível sim e sempre será essa proposta. Não é um situação especifica de São Luís, a governadora Roseana tem por premissa, principio de governo e não poderia ser diferente, fazer parcerias. Um exemplo concreto é Imperatriz. A prefeitura não era alinhada politicamente com o governo, mas recebeu investimentos importantes do estado, em todas áreas. Dou outro exemplo, a cidade de Balsas, onde o governo tem uma programação, estamos construídos um hospital de alta complexidade, o anel da soja, o distrito industrial, a recuperação de avenidas e se você olhar o resultado eleitoral da governadora nessas duas cidades, Roseana não foi a mais votada, mas nem por isso deixou de ser feito investimentos, assim que a governadora trabalha, sem olhar a questão política-eleitoral, mas sim olhando algo mais importante, o desenvolvimento do estado do Maranhão.

Dessa forma o que falta para que a parceria institucional ocorra em São Luís?

Tem que ocorrer o entendimento. A governadora demonstrou ao prefeito as possibilidades concretas em melhorar a performance do município e assim ainda esperamos que o prefeito acolha a proposta para melhorar a situação do povo. É o início de uma gestão, o prefeito tem apenas 27 dias (atualizado), sabemos que este é um momento, que ele pode fazer tudo, mas vai chegar um momento que a população vai cobrar respostas, que afetam diretamente. E sempre que o município precisar, deixando claro, dentro dos limites legais, o estado vai ajudar. Não adiantaria o governo usar de proselitismo político, dizer que vai fazer algo que não pode e que a lei não permita fazer. Mas eu entendo que o desejo da governadora em fazer a parceria continua firme e consistente. Nenhuma resposta deixou de ser dada, as demandas municipais, o que pedimos é que os prefeitos que estão assumindo agora se debrucem sobre o sistema normativo de administração publica. Para que primeiro não seja pedido algo que não possa ser concedido e segundo que gestões municipais também oferecer respostas, a parceria não é apenas um dar ao outro, mas sim de mãos dadas trazendo melhoria para população, pois para o povo não interessa de quem veio o serviço, o cidadão não se importa com quem está a frente de unidade de saúde ou educação, o importante é que se faça funcionar e é com base nessa perspectiva que a governadora propõe, aceita e incentiva as parcerias. Quanto aos recursos isso deve ser definido em mesa, quem pode mais, paga mais, quem pode menos, paga menos, como é o caso de São Luís que tem mais recursos federativos que o estado na área da saúde, eles entram com uma parte e o governo com a outra. Deixo claro que nenhuma parceria foi descartada, as portas estão abertas para qualquer negociação, independente das cores partidárias de cada governante.

Apesar de uma primeira negativa para a parceria na saúde, o senhor acredita que em outras áreas poderá ser possível fechar um apoio?

Eu não acredito em negativa por parte da prefeitura. Talvez a equipe do prefeito não tenha compreendido como uma parceria desse gênero deve ser feita. A secretaria de saúde do estado deu uma informação e uma rotina quem tem que ser cumprida, para que uma parceria desse gênero possa ser cumprida. Talvez não tenha tido tempo de compreender bem, sei que são apenas 27 dias (atualizado) de trabalho, mas a proposta é boa para o município. A qualquer momento o Edivaldo (PTC), vai ficar menos dependente de orientações, ele próprio vai desenvolver a capacidade de gerir os problemas da cidade e que junto com o governo, possam juntos resolver os problemas da cidade.

Qual seu projeto político?

O meu projeto político é integrado ao grupo político que eu faço parte há muitos anos. A minha intenção é fazer política para o bem da população do Maranhão. Nem sempre você precisa de uma função ou cargo político para ajudar, promover melhorias ou até mesmo fazer política. Mas se o grupo a qual eu pertenço, entender que o caminho que eu devo seguir estiver vinculado a um cargo político, eu atenderei. Eu fui prefeito por dois mandatos, tive uma administração, felizmente muito bem avaliada, apesar de receber uma cidade com dificuldades, mas soube resolver os problemas com ajuda do povo, dos políticos do nosso grupo. Como prefeito já dei passos importantes, como já disse não recebi a parceria do governo em meus dois mandatos. Mas agora cabe ao grupo escolher o caminho de cada um, não somente eu, mas de todos. Nosso grupo é majoritário no estado, elegemos a maioria absoluta dos deputados, prefeitos, Câmara Federal, senado, enfim em todas áreas. Nosso grupo tem história, tem verdades a falar. Nosso grupo às vezes tem um defeito, fazemos muito, mas falamos poucos, outros grupos fazem o contrário, reclamam demais, mas não resolvem nada. Às vezes dá impressão de que não fazemos tanto, por conta dessa falta de publicidade. Meu desejo é me entregar as missões que o grupo me confia.

O senhor nutre o sonho de ser governador do estado?

Todo político tem e eu não seria diferente, tenho sim esse sonho. Todos políticos que eu conheço são assim. O político que faz política dentro município sonha em ser prefeito, o político que faz política no estado sonha em ser governador e os em âmbito nacional sonham ser presidente, dessa forma não é diferente comigo, sonho em um dia ser governador do Maranhão.

Se em 2014, o senhor não for indicado a disputar o governo, existe a pretensão de disputar outro cargo eletivo?

Veja bem, uma decisão seja ela qual for, não cabe a mim, cabe ao grupo tomar a decisão mais conveniente, não em relação a mim, mas tomando o conjunto. Política se faz com grupo e com ajuda do povo, quem tem grupo e apoio do povo não precisa se preocupar com isso, o povo e o grupo sabem escolher o que é melhor.

Em relação à composição para eleições de 2014, o senhor já tem uma ideia de como será a composição do grupo da Roseana, pois alguns partidos antecipam que dessa vez não vão coligar?

Existe uma ansiedade natural dos políticos e da mídia em relação às decisões que vão ser tomadas daqui um ano, mas as pessoas mais experientes na política sabem que nenhuma decisão deve ser tomada com tanta antecedência, afinal o que está aqui hoje, pode não estar aqui amanhã, então o nosso grupo é formado por grandes nomes, experientes, um folha de serviço imensa para mostrar a população, no momento certo será decidido, portanto essa história de querer dizer que um ano e meio antes, fulano não vai querer compor é sinal que não conhece política e também um antecipação desnecessária. A pauta de 2013 é um ano de trabalho e em 2014 sim, um ano eleitoral, admite-se discutir política-partidária. Quem fizer isso em 2013 no meu entendimento vai estar prestando um desserviço a população. É hora dos prefeitos arregaçarem as mangas e começarem a mostrar respostas. Não tem essa história de esperar um ano para mostrar serviço, quem tá sem escola agora, tá querendo aula hoje, não vai esperar um ano. Tá na hora dos governantes assumirem suas responsabilidades e deixarem o proselitismos político para o momento oportuno, o povo ta saturado já de campanha política até quando não tem eleição.

O seu nome é considerado praticamente sem índices de rejeição, isso deve facilitar no processo de escolha do candidato?

Independente de ser leve. É um nome que incorpora uma pessoa simples, humilde, que sabe escutar as outras pessoas, que se coloca muito mais na posição de aprendiz do que professor, uma pessoa que não tem a pretensão de dar lições. Uma pessoa que queira aprender com o povo. Ninguém sabe mais do que o cidadão precisa, daquilo que ele mais precisa. Eu conduzi minhas missões públicas como prefeito, secretário, fui secretário por 5 vezes, sempre ouvindo a população. E além do meu nome, existem outros nomes no meu grupo que são leves, sem rejeição. E isso tem um história não se faz do dia pra noite, liderança não se impõe, se conquista e de braços dados junto com a população.
 
Fonte: O Imparcial
Edição: Cícero Ferraz

Copa Ieshuá: Rodada definiu finalistas

Seis jogos foram realizados na manhã do sábado (26) e domingo (27), valendo pela 4ª rodada da II Copa Ieshuá de futebol sub-11, 14 e 18. Com o fechamento da rodada, a equipe do Milan na categoria sub-18, fechou a sua participação na fase de classificação com 100% de aproveitamento, com quatro (04) vitórias em quatro (04) jogos, e já garantindo vaga na final da categoria ao lado do Vila Nova . Nas demais categorias as vagas para as finais estão praticamente definidas. Na categoria sub 11, os finalistas já estão definidos, Americanos e Cruzeiro.


Resultados do Sub 11

Sábado – 26.10 – Cruzeiro 2 x 2 Vila Nova
Domingo – 27.10 – Americanos 3 x 1 Milan

Classificação Geral

1-Americanos – 09 pts
2-Cruzeiro – 06 pts
3-Milan – 02 pts
4-Vila Nova – 02 pts
5- NOEC – 01 pt

5ª Rodada

02.02 (Sábado ) – Americanos x Cruzeiro
03.02 (Domingo) – NOEC x Vila Nova

Resultados do Sub 14

Sábado – 26.10 – Americanos 0 x 1 Milan
Domingo – 27.10 – Cruzeiro 1 x 4 Vila Nova

Classificação Geral

1-Milan – 07 pts
2- Vila Nova – 05 pts
3- Americanos – 04 pts
4-NOEC – 03 pts (Sg 00)
5-Cruzeiro – 03 pt (Sg -05)

5ª Rodada

02.02 (Sábado) – NOEC x Milan
03.02 (Domingo) – Cruzeiro x Americanos

Resultados do Sub 18

Sábado – 26.10 – Americanos 1 x 1 Juventus
Domingo – 27.10 – Milan 2 x 1 Vila Nova

Classificação Geral

1-Milan – 12 pts
2- Vila Nova – 06 pts
3- Americanos – 02 pts
4-Cruzeiro – 01 pts
5- Juventus – 01 pt

5ª Rodada

02.02 (Sábado) – Cruzeiro x Juventus
03.02 (Domingo) – Vila Nova x Americanos

Edição: Cícero Ferraz

Faculdade do Maranhão é alvo de esquema de compra de vagas

Vagas no curso de Medicina, no UniCeuma, foram negociadas.Caso também em outros estados foi mostrado no Fantástico
O Fantástico desse domingo (27) mostrou um esquema de compra de vagas em faculdades particulares do país. A polícia apreendeu com o grupo pontos eletrônicos. Quem usava tinha que esconder todos os fios e o receptor de sinal. Uma das quadrilhas, que foi descoberta no interior de São Paulo, vendia vagas em seis Estados: São Paulo, Mato Grosso do Sul, Piauí, Maranhão, Goiás e Rio de Janeiro. Por telefone, eles negociavam com pais e candidatos.


No Maranhão, a faculdade Uniceuma foi alvo do esquema, segundo a reportagem. Em nota, o Ceuma informou que recolhe todos os aparelhos eletrônicos durantes os exames.Veja outros detalhes no site do Fantástico.   Fonte: G1 Maranhão Edição: Cícero Ferraz

domingo, 27 de janeiro de 2013

Sobe para 233 o número de mortos na tragédia; Secretaria de Segurança divulga lista de 141 mortos

Durante a coletiva de imprensa dada pelo ministro da Saúde, Alexandre Padilha, neste domingo (27), autoridades informaram que 233 pessoas morreram no incêndio da boate Kiss, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul. Desse total, 120 eram homens e 113 mulheres. De acordo com o ministro, a prioridade agora é salvar a vida das pessoas feridas. Padilha afirmou que 92 pacientes estão internados em hospitais da cidade, além de 14 pessoas que foram transferidas para Porto Alegre.

Secretaria de Segurança do RS divulga lista de 141 mortos
A Secretaria de Segurança do Rio Grande do Sul divulgou a lista provisória dos mortos no incêndio da boate Kiss, que ocorreu neste domingo (27/1), em Santa Maria. Foram revelados 141 nomes já confirmados. Segundo a Secretaria, a lista será atualizada a cada hora, até que os 233 corpos sejam identificados. A identificação está sendo feita por familiares e amigos no Centro Municipal de Desportos.


Confira a listaAlan Rembem de Oliveira
Alaxandre Anes Prado
Alisson Oliveira da Silva
Allana Willers
André Cadore Bosser
Andressa Ferreira Flores
Andressa Thalita Farias Brissow
Ângelo Nicolosso Aita
Augusto Cesar Neves
Augusto Malezan de Almeida Gomes
Augusto Sergio Krauspenhar da Silva
Benhur Retzlaff Rodrigues
Bernardo Carlo Kobe
Bruna Brondani Pafhalia
Bruna Eduarda Neu
Bruno Kraulich
Carlitos Chaves Soares
Carlos Alexandre dos Santos Machado
Carolina Simões Corte Real
Cássio Garcez Biscaino
Clarissa Lima Teixeira
Daniel Knabbem da Rosa
Daniel Sechim
Daniela Betega Ahmadw
Danilo Brauner Jaques
Danriei Darin
David Santiago de Souza
Débora Chiappa Forner
Deives Marques Gonçalves
Dionatham Kamphorst Paulo
Douglas da Silva Flores
Elizandor Oliveira Rolin
Emerson Cardoso Pain
Evelin Costa Lopes
Fábio José Cervinski
Felipe Vieira
Fernanda Fischer
Fernando Michel Devagarins Parcianello
Fernando Pellin
Flávia Decarle Magalhães
Franciele Araujo Vieira
Franciele Viziole
Gabriela Corcine Sanchotene
Gabriela dos Santos Saenger
Geni Lourenço da Silva
Giovane Krauchemberg Simões
Guilherme Fontes Gonçalves
Guino Ramom Brites Burro
Gustavo Ferreira Soares
Heitor Santos Oliveira
Heitor Teixeira Gonçalves
Helio Trentin Junior
Henrique Nemitz Martins
Herbert Magalhães Charão
Hericson Ávila dos Santos
Igor Stefhan de Oliveira
Jacob Francisco Thiele
Jaderson da Silva
Janaina Portella
João Carlos Barcellos Silva
João Paulo Pozzobom
José Luiz Weiss Neto
Julia Cristofari Soul
Juliana Moro Medeiros
Juliana Oliveira dos Santos
Juliana Sperone Lentz
Kelli Anne Santos Azzolin
Larissa Terres Teixeira
Leandra Fernanda Toniolo
Leandro Avila Leivas
Leandro Nunes da Silva
Leonardo de Lima Machado
Leonardo Machado de Lacerda
Leonardo Schoff Vendrúsculo
Letícia Ferraz da Cruz
Lincon Turcato Carabagiale
Louise Victoria Farias Brissow
Luana Behr Vianna
Lucas Leite Teixeira
Luciano Ariel Silva da Silva
Luciano Tagliapetra Esperidião
Luiz Fernando Riva Donate
Luiza Alves da Silva
Luiza Batistela Bottow
Maicon Afrolinario Cardoso
Maicon Douglas Moreira Iensen
Maicon Francisco Evaldt
Marcelo de Freitas Salla Filho
Maria Mariana Rodrigues Ferreira
Mariana Comassetto do Canto
Mariana Moreira Macedo
Marina Kertermann Kalegari
Martins Francisco Mascarenhas de Souza Onofre
Marton Matana
Matheus de Lima Librelotto
Matheus Engert Rebolho
Mauricio Loreto Jaime
Melissa do Amaral Dalforno
Michele Dias de Campos
Micheli Froehlich Cardoso
Miguel Webber May
Mirella Rosa da Cruz
Natiele dos Santos Soares
Odomar Gonzaga Noronha
Otacílio Altíssimo Gonçalves
Pamela de Jesus Lopes
Paulo Batistela Gato
Pedro de Oliveira Salla
Raquel Daiane Fischer
Rhuan Scherer de Andrade
Ricardo Dariva
Ricardo Stefanello Piovesan
Roger Dallanhol
Rogério Cardoso Ivaniski
Ruan Pendenza Callegari
Sabrina Soares Mendes
Shaiana Tauchem Antoline
Silvio Beurer Junior
Suziele Cassol
Tailan Rembem de Oliveira
Taís da Silva Scaplin de Freitas
Tanise Lopes Cielo
Thailan de Oliveira
Thiago Amaro Cechinatto
Tiago Dovigi Cegabinaze
Vagner Rolin Marastega
Vandelcork Marques Lara Junior
Vinicios Greff
Vinicios Paglnossim de Moraes
Vinicius Silveira Marques de Mello
Vinissios Montardo Rosado
Viviane Tólio Soares

Identificados pela Perícia Necropapiloscópia
Andressa Ferreira Flores
Bruna Eduarda Neu
Carlos Alexandre dos Santos Machado
Francielli Araujo Vieira
FrancileVizioli
Julia Cristofali Saul
Maria Mariana Rodrigues Ferreira
Pâmella de Jesus Lopes
Sandra Leone Pacheco Ernesto

Fonte: O Imparcial